індикатор, фінансовий, планування, звіт

Saiba quais são os principais indicadores financeiros de uma empresa

Os empreendedores de sucesso sabem que, para que a sua empresa possa crescer, é de fundamental importância conseguir analisar os resultados operacionais que foram obtidos em determinado período.

Ter foco no negócio é ter a capacidade de compreender os demonstrativos financeiros. 

Saber quais são os principais indicadores financeiros e como eles funcionam é importante para fazer uma boa gestão financeira da empresa e de todos os seus recursos.

Em outras palavras, é uma forma mais segura dos empreendedores do Brasil traçarem planos de ação para trazerem melhores resultados para o seu empreendimento a longo prazo.

1. Margem Bruta

A Margem Bruta é um dos principais indicadores financeiros de uma empresa, pois mostra aos empreendedores quanto a empresa recebe de uma venda de um produto ou serviço, após descontar os custos e despesas que tiveram com a produção e a venda.

Para calcular a Margem Bruta, é preciso conhecer o Lucro Bruto, ou seja, o lucro obtido depois de descontar os custos.

  • Fórmula: Margem Bruta = (Lucro Bruto / Receita Total) x 100

1. Margem EBITDA

O nome EBITDA é o acrônimo da expressão inglesa Earning Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization. Em português, significa Lucro Antes de Juros e Imposto de Renda (LAJIR).

Como o nome já indica, a Margem EBITDA é a demonstração do lucro (ou prejuízo) que uma empresa gera, sem levar em consideração os efeitos financeiros e pagamentos dos impostos.

Com isso, a Margem EBITDA informa aos empreendedores o valor de cada venda e o impacto que elas tiveram no fluxo de caixa.

Para calcular a Margem EBITDA, basta somar todos os seguintes fatores:

  • Fórmula da Margem EBITDA = Lucro Operacional Líquido + Depreciação + Amortização

Lembrando que a depreciação é quando o valor do produto diminui por conta do desgaste e de quando o produto deixa de ser útil. Já a amortização tem relação com a perda do valor do ativo que possui uma vida útil definida.

1. Margem Líquida

A Margem Líquida, por sua vez, indica o que restou no fluxo de caixa do valor obtido pelas vendas, já descontando todas despesas e tributos.

Uma Margem Líquida grande significa que os empreendedores receberão uma boa quantia depois de fazer uma venda e reduzir as despesas e tributos dela.

Para calcular essa importante fórmula e ficar de olho nas finanças, basta dividir o lucro líquido dividido pela receita líquida das vendas.

  • Fórmula da Margem Líquida: Margem Líquida = (Lucro Líquido / Vendas) x 100

2. Custos Fixos e Custos Variáveis

Os Custos Fixos e Custos Variáveis são excelentes indicadores financeiros e servem não só para ter um relatório preciso dos resultados da empresa como também saber se o preço de um produto ou serviço está correto.

Custos Fixos

Os Custos Fixos são representados pelas despesas fixas de uma determidada empresa, ou seja, que não mudam ao longo do tempo.

Uma forma muito simples de perceber se um custo é fixo ou não é analisar se ele vai variar conforme a produção aumenta. Em suma, os custos fixos são importantes para que os empreendedores mantenham o seu negócio funcionado.

Confira alguns exemplos:

  • Aluguel de um escritório;
  • Material de limpeza;
  • Aparelhos de segurança;
  • Equipamentos;
  • Impostos.

Custos Variáveis

Os Custos Variáveis, por sua vez, variam proporcionalmente conforme a produção e venda de um produto ou serviço cresce.

Costumam ser despesas variáveis:

  • Combustível;
  • Embalagem;
  • Matéria Prima;
  • Fornecedores;
  • Mão de obra.

Para manter as finanças em dia, os empreendedores devem conhecer os Custos Fixos e Variáveis, já que é uma maneira de descobrir qual é a quantidade mínima de um produto ou serviço que a empresa deve vender para cobrir os custos e lucrar.

1. Fluxo de Caixa

Os indicadores financeiros que o fluxo de caixa indica são de extrema importância para manter as finanças em dia.

Na verdade, uma das coisas que costumam separar empreendedores de sucesso daqueles que fecham as portas de seu negócio rapidamente é justamente a gestão financeira daquilo que entra e o que sai no caixa do empreendimento.

É um dos indicadores financeiros diários, pois o fluxo de caixa pode ser avaliado diariamente e, além disso, os empreendedores podem projetar uma estimativa futura.

Em outras palavras, analisar o fluxo de caixa e projetar como será a situação a curto e longo prazo é uma ótima forma de tomar boas decisões como realizar um novo investimento ou expandir o negócio.

2. Grau de Satisfação dos Clientes

Muitas pessoas não consideram o grau de satisfação de cliente como um dos indicadores financeiros. Entretanto, conhecer os clientes e o quanto estão satisfeitos com o produto e serviço é uma maneira excelente dos empreendedores compreenderem a verdadeira situação de sua empresa.

Graças a esse tipo de indicadores financeiros, os empreendedores do Brasil podem compreender o mercado e criar estratégias para fidelizar os seus clientes. Saiba algumas questões que podem ser usadas para pesquisar/analisar o grau de satisfação dos clientes:

  • Você recomendaria a empresa para um amigo?
  • De 0 a 10, quanto você está satisfeito com o nosso produto ou serviço?
  • De 0 a 10, quanto você está satisfeito com o nosso atendimento?
  • De 0 a 10, quanto você está satisfeito com a agilidade na entrega?

Os indicadores financeiros são fundamentais para todos os empreendedores que desejam se tornar empreendedores de sucesso, pois possibilitam que os resultados sejam precisos e, assim, o controle das finanças seja maior. Para que você execute uma gestão financeira adequada, é de grande importância que todos os números sejam computados e entrem no cálculo dos indicadores financeiros.  

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.