Криптовалюти: керівництво, щоб почати безпечно ходити цим шляхом

Criptomoedas: Um guia para começar a trilhar esse caminho com segurança

Criptomoedas, sabemos que o Bitcoin é a moeda mais usada e mais comum, portanto há várias outras opções de moedas digitais que circulam no mercado moderno financeiro. Vamos entender como elas funcionam, para que as mesmas servem e como podemos fazer o investimento de tais.

O Brasil já tem mais de 180 startups dedicadas a soluções e serviços envolvendo criptomoedas, fazendo o acompanhamento do mercado das moedas digitais, ficamos surpreendidos com seus altos e baixos noticiados.

A mais afamada dessas moedas, portanto é o Bitcoin, com maior aceitação e maior índice de associados e investidores. Mas o que seria uma criptomoeda? Como elas funcionam e como fazer investimentos e ou movimentações?

Preparamos esse artigo especialmente para você que gostaria de entrar nesse novo mundo financeiro tão chamativo e promissor, que por uma nova classe que se apresenta, causa e instiga muitas dúvidas em quem gostaria de aprender mais sobre esse novo passo do mundo financeiro.

O que são as criptomoedas?

Extensivamente, criptomoedas são um tipo de dinheiro, como qualquer outro tipo de dinheiro que utilizamos em nosso cotidiano. Sua particularidade, portanto, é que ela é completamente digital. E também não tem convênio ou parceria com nenhum órgão do governo.

Com o objetivo de explicar convencer, Fernando Ulrich, autor do livro Bitcoin: A moeda na era digital, faz uma correlação bem coloquial: “O que o e-mail fez com a informação, o Bitcoin fará com o dinheiro”. Antes da era da internet, cidadãos precisavam de auxiliares como os correios para que pudessem assim entregar uma mensagem a determinada pessoa que estivesse distante. Havia então à necessidade de se ter um atravessador para que as mesmas pudessem ser entregues pessoalmente. O que se tornou obsoleto até de se pensar para pessoas que tem acessos por exemplo a e-mail e outros serviços de troca de mensagens.

Da mesma forma, daqui algum tempo será com o dinheiro, pouquíssimas pessoas se utilizam de agências bancárias para efetivação de seus pagamentos, ou quer seja uma transferência bancária ou demais atividades.

Para que servem

Como já dito, as chamadas criptomoedas funcionam da mesma forma que o dinheiro, sua única diferença é que são 100% digitais. Suas principais funções são:

  • Meio de troca como facilitador de transações comerciais;
  • Acúmulo de valor para segurança de poder de negociação financeira futura;
  • Unidade de conta

O que é mineração?

Antes de falarmos sobre a mineração é preciso deixar bem claro que moedas como o Bitcoin tem uma codificação complexas e à prova de alterações. Tornando-se, portanto, impossível de serem alteradas ou sequer avariadas e ainda falsificadas.

Nesse caso não existe uma autoridade formalizada a acompanhar esse tipo de transações, elas necessitam, portanto, de serem registradas e posteriormente validadas uma a uma por uma agremiação de pessoas, que utilizam seus computadores para fixá-las no chamado blockchain.

O blockchain é um grande bloco de transações, tornando-se, portanto, um grande banco de dados públicos, onde estão transcritos e registradas todas as operações feitas com as unidades de Bitcoin.

Cada transação feita passa por esse registro, onde será assegurado que os mesmos Bitcoins não tenham sido já utilizados por outras pessoas em outras transações.

Quem formalizam esses registros são os denominados mineradores. Esses disponibilizam a capacidade de processamento de seus computadores para registrar e conferir as operações finalizadas com os Bitcoins. Em contrapartida eles são gratificados com novas unidades de Bitcoins. Os mesmos são criados de acordo com os milhares de computadores que formam essa rede, e de modo que resolvem problemas matemáticos complexos, verificando assim a legibilidade das transações incluídas no blockchain.

Como funciona a variação de preço

Como sempre, vemos em vigor aquela velha lei da oferta e da demanda. Num momento em que as moedas digitais ganham mais espaço e atenção, é de se entender que sejam mais requisitadas por investidores, o que faz com que seus preços subam.

“Há somente um número limitado de bitcoins em circulação e novos Bitcoins são criados em uma taxa previsível e decrescente, o que significa que a demanda deva seguir este nível para manter seu preço estável”, informa o site Bitcoin.org.

Principais criptomoedas

Bitcoin é a mais conhecida e tida muita das vezes como um sinônimo para as criptomoedas, mas existem várias outras e iremos te apresentar algumas ao discorrer deste artigo.

Bitcoin

BTC é a mais conhecida das criptomoedas, pois foi o sistema de pagamentos global totalmente descentralizado que primeiro surgiu no mundo financeiro digital. Teve sua criação e ascensão em 2008 no cenário global de uma grande crise financeira que se iniciou no mercado de hipotecas americano, emerge assim com o intuito de substituir à moeda em espécie e de dar fim aos denominados bancos pessoais.

Bitcoin Cash

Uma nova edição melhorada do Bitcoin inicial, criada em agosto de 2017, foi pensada de modo a aperfeiçoar à primeira. Ela, portanto, tem um limite de tamanho de bloco de 8MB, bem maior que o de 1 MB do Bitcoin original. Levando assim cada vez menos tempo para se confirmar suas transações. Lembrando que ambas têm um limite de 21 milhões de moedas.

Ethereum

À primeira moeda chamava-se Ether. No ano de 2016, por tanto, um hacker descobriu uma pequena falha no sistema e, explorando-a, conseguiu usurpar o valor equivalente a US$ 50 milhões em Ether. Mediante esse escândalo, iniciou-se as buscas por um aperfeiçoamento da mesma que pudesse ser à prova desse tipo de falhas, foi aí que surgiu à Ethereum. Agora com segurança similar à do Bitcoin.

Tether

Inaugurada em 2014 pela empresa Tether, essa stablecoin difere das demais por esta seguida de um lastro de uma moeda física. Sendo assim, para cada um Tether emitido é preciso haver um dólar em conta.

A descrição mais aceitável do Tether à mesma é uma moeda estável que representa moedas físicas no mundo digital.

Ripple

O XRP é um protocolo de pagamento que nasceu em 2001, uma de suas características principais é que à mesma suporta em sua base outros tokens representando moedas comuns e tradicionais e até mesmo outros bens. A ideia é que o sistema permite que se faça pagamentos seguros e com grande rapidez.

Litecoin

Nascida e projetada em 2011 por um ex-funcionário do Google chamado Charlie Lee, à mesma tem grande semelhança com o Bitcoin, sua diferença se encontra apenas em seu processo de mineração, onde tornou se mais fácil para todo grupo de pessoas sua gestão.

Vantagens e riscos de investir em criptomoedas

Como uma novidade no meio financeiro digital, Moedas digitais tem uma funcionalidade bastante sofisticada. Preparamos para você uma lista com algumas vantagens dos bitcoins:

  • Taxas mais baixas; por incrível que pareça pagamentos e transações com os bitcoins, podem em sua maioria ter taxa zero ou bem baixas, mediante sua funcionalidade. Alguma taxa pode ser cobrada caso o cliente queira um maior adiantamento em sua solicitação.
  • Transparência; Toda e qualquer informação fica na base de dados do blockchain. Sendo impossível se fazer qualquer alteração por ser criptografada de ponta à ponta. 
  • Liberdade de pagamento; suas transações são instantâneas.
  • Segurança; suas movimentações podem ser feitas sem vínculo de dados ou informações.
  • Grande aceitação; daqui a poucos anos se estima uma grande taxa de aceitação dessa modalidade de dinheiro, tendo em vista que vem se modernizando todos os entornos, é bem provável que em poucas décadas esse seja o único meio de pagamento e recebimento.
  • Variável; essas têm um grau alto de volatilidade pois que seu valor vai se acoplando às demandas de acordo com sua utilização.

Como investir em criptomoedas

Existem atualmente meios de investir e comprar cotas de fundos de criptomoedas, negociar as mesmas diretamente com ajuda de uma corretora especializada as famosas Exchange, que aceitam moedas digitais como pagamento em alguns negócios ou ainda minerando.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *